Publicado em 10/05/2018

Tomei água inglesa e engravidei! Meu depoimento!

Oi, meu nome é Júlia Amaral Camargo e minha história de sucesso começa há seis meses (12/12/17), quando tomei água inglesa e engravidei. Estou agora com cinco meses de gestação e está tudo transcorrendo da melhor maneira possível, estou muito feliz!

Mas tenho que admiti que além da água inglesa eu segui um método de combate à infertilidade chamado ‘Quero ser mãe’, isso me ajudou muito também. Pois a água inglesa não faz milagre, se você estiver muito intoxicada, se alimentando mal e cheia de paranoias, sinto muito em informar, mas a água inglesa sozinha não vai fazer efeito algum.

A água inglesa resolve para todo mundo?

 

A água inglesa é sim um excelente desintoxicante, mas se seu caso for mais complicado, será preciso uma mudança de estilo de vida, isso mesmo, você terá que mudar o tipo de alimentação, os lugares que frequenta os produtos que consome e muito mais. 

Como eu consegui engravidar com água inglesa?

 

Vamos começar então..... Eu e meu marido estávamos há 4 anos nessa luta, passei por mais de 7 médicos diferentes e todos tinham a mesma resposta para o meu problema: infertilidade sem causa aparente. Fui encaminhada para a Fertilização in vitro, mas nunca pude fazer porque não tenho grana para isso. Minhas chances de engravidar naturalmente, segundo os médicos, eram menos de 5%.

Depois desse diagnóstico fiquei desolada e quase desisti de me tornar mãe. Foi quando uma amiga minha: a Raquel, me falou sobre um artigo publicado pela Revista Pais e Filhos, a revista falava sobre um estudo feito pela Universidade de Harvard que comprovava a relação entre infertilidade e a alimentação e o estilo de vida. Logo abaixo a revista indicava o método ‘Quero ser mãe’. Segundo a Revista esse método é o único baseado no estudo de uma Universidade renomada. 

Depois disso, fiquei curiosa e fui atrás de mais informações sobre esse método, fiquei sabendo que várias mulheres já tinham conseguido engravidar graças a ele e uma tal de Tatiana da Costa. Descobri que a Tatiana na verdade é a autora do método e a maior especialista em fertilidade feminina do Brasil.

Não satisfeita entrei em um grupo no facebook no qual perguntei mais sobre o método e eis que me deparo com mais pessoas falando que conseguiram engravidar seguindo o método ‘Quero ser mãe’.

Finalmente me rendi e comecei a seguir o método. Comecei a segui-lo no meio de dezembro de 2017. Fiquei impressionada com material e o conteúdo logo de cara, principalmente o módulo seis no qual fala sobre como desintoxicar o corpo e como alguns produtos como perfumes e outros cosméticos podem interferir na nossa fertilidade. Fiquei pasma!

Tomei água inglesa e engravidei, FINALMENTE!

 

Foi nesse módulo que fiquei sabendo da água inglesa, lá eles ensinam combinar a água inglesa com outros truques que potencializam a desintoxicação. É incrível! 1 mês depois que tomei água inglesa eu engravidei. Quando peguei a resultado, não creditei, fiz cinco vezes o teste de gravidez, meu marido só pulava que nem um doido, rsrsrrsrsr.

Como tomar água inglesa?

 

Eu tomei durante um mês mesmo quando estava ainda menstruada, tomava todos os dias de manhã em jejum e antes das refeições principais. Eram três vezes por dia, 30 ml por dia.

Bem , essa é minha história, tenho certeza que além da água inglesa a mudança de meus hábitos fizeram com que eu engravidasse. Recomendo muito a água inglesa para engravidar, mas eu recomendo mais ainda o método ‘Quero ser mãe’ da Tatiana da Costa, quem quiser saber mais sobre esse método milagroso é só clicar aqui!

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

O método que as americanas estão usando para tratar a INFERTILIDADE

Load more posts

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *