0e43e228-b5f7-459a-9018-5cd9a50b284d
Publicado em 30/12/2017

Não consigo engravidar, porque não consigo engravidar?

Não consigo engravidar!Não consigo engravidar! Calma você não está sozinha, 1 em cada 6 casais enfrentam dificuldades para engravidar nos primeiros meses de tentativas. O sofrimento causado pelo negativo a cada ciclo desgasta e abala o emocional da tentante. Em alguns casos interfere até no casamento. Mas não se desespere, isso só vai atrapalhar ainda mais a sua caminhada.   

Até 1 ano de tentativas ainda é considerado normal. Agora, se você está tentando há mais de 1 ano com um parceiro sem qualquer problema e mesmo assim não conseguiu engravidar, você é uma mulher que se encaixa no diagnóstico de infertilidade (pode ser passageira ou definitivo). 

Antes de iniciar as tentativas, o casal deverá consultar um médico e fazer exames de rotina. Logo quando a mulher parar de tomar contraceptivos, ela deverá fazer exames de sangue, exames hormonais e ultrassom. Para os homens, os exames de sangue e de urina são os mais recomendados. Depois desses exames, você vai saber se está tudo normal para iniciar as tentativas.

Mas se passou mais de 1 ano de tentativas fracassadas, o casal deverá fazer uma investigação mais aprofundada. As mulheres devem fazer os principais tipos de exames hormonais existentes, todos os recomendados pelo seu médico e mais um ultrassom completa dos ovários e útero também.

Exame para saber se há problemas com as trompas também é muito bem-vindo, pois as aderências podem inviabilizar a fecundação na trompa. É interessante que seu parceiro faça um exame de ultrassom para avaliar o esperma. Espermatozoides fracos e lentos não conseguem fecundar um óvulo.

Existem vários fatores que podem estar te impedindo de engravidar. Qualquer desajuste no organismo pode interferir na fertilidade. Tudo precisa estar funcionando adequadamente para criar condições favoráveis para a concepção acontecer.

Não consigo engravidar!Não consigo engravidar! Fatores que mais atrapalham!

Estresse e emocional abalado: Em um estudo divulgado pela revista científica “Human Reproduction” os pesquisadores da Ohio State University, (USA), apontaram que as mulheres com altos níveis da enzima alfa-amilase (substância ligada ao estresse) possuem 29% menos chances de engravidar em comparação àquelas com baixas nível de enzima alfa-amilase.

Veja também: Como consegui engravidar mesmo tendo trompas obstruídas em apenas 3 meses! 

O estresse afeta de forma negativa para o amadurecimento e transporte do óvulo até o local onde poderia ser fecundado. O estresse desencadeia a produção de enzimas que prejudicam a saúde do útero não deixando que o desenvolvimento do feto se complete. O estresse atrapalha ainda na liberação de hormônios responsáveis pela contração muscular uterina. A vascularização também pode ser afetada podendo provocar partos prematuros.

Seria muito interessante o uso de métodos antiestresse  antes e durante o período de tentativas. Técnicas como a ioga ou a meditação podem ajudar muito no combate ao estresse.

Não consigo engravidar!Não consigo engravidar! Sobrepeso ou obesidade: O sobrepeso ou a obesidade pode sim dificultar uma mulher engravidar. Se o caso for sobrepeso, as chances diminuem 8%. No caso de obesidade esse número chega 18%, ou seja, a mulher obesa tem 18% de chances a amenos de engravidar comparação a uma mulher de peso normal.  Se o mulher já foi mãe anteriormente, esses números sobem para 16% no caso de sobrepeso e 34%, no de obesidade, ou seja, quanto maior o peso, maior o problema. 

E mulheres com ciclos regulares também são afetadas, antes pensava-se que apenas as mulheres com ciclos irregulares eram afetadas, mas depois de estudos feitos por pesquisadores ficou provado que qualquer mulher pode ser prejudicada pelo excesso de peso.

Uma reeducação alimentar e exercícios físicos podem fazer com que a ovulação volte a acontecer caso tenha parado. Uma redução de 10 a 25 por cento do peso já é suficiente  para regular o ciclo menstrual novamente.

O sobrepeso também pode ser um possível sintoma de uma anomalia chamada síndrome dos ovários policísticos, essa síndrome faz com que os ovários não produzem hormônios suficientes para estimular os óvulos a amadurecer para ser fecundado. Mas sobre esse assunto nós vamos falar mais a frente.

Não consigo engravidar!Não consigo engravidar! Cigarro: As toxinas presentes no cigarro prejudicam não só os pulmões e sistema cardiovascular, mas também o sistema reprodutivo. Um estudo feito pelo Universidade de Ohio (USA) mostrou que o cigarro diminui em até 13% as chances de engravidar. Segundo esse mesmo estudo foi constatado que o cigarro age desregulando a liberação dos hormônios responsável pelo ciclo menstrual. 

Os efeitos negativos aumentam quando o consumo é de 10 ou mais cigarros por dia. A fumante tem mais chances de apresentar complicações como anomalias tubárias e uterinas, dano aos óvulos. Portanto se você fuma, pare ou diminuía a quantidade por di

Não consigo engravidar! Disfunção hormonal: Você sabia que uma a cada 15 mulheres possui algum tipo de disfunção hormonal. E  a grande maioria não sabem disso.

Os sintomas mais comuns são pele ressecada, perda ou ganho de peso sem motivo cabelos opacos e menstruação desregulada. A desregulação hormonal pode ser o causador desses alterações. O consumo de bebidas alcoólicas e uso de pílula anticoncepcional e o estresse influencia de forma negativa no desequilíbrio dos hormonais. 

A tentante deverá fazer uma série de exames  para saber se esse desregulação está associada algum problema clínico. Se os exames estão normais, a paciente deverá ser tratada com psicólogos compatíveis com a disfunção hormonal.

Não consigo engravidar!Não consigo engravidar! Má alimentação:

 Consumir grande quantidade de proteínas, vitaminas, carboidratos, gordura trans, cafeína e álcool pode prejudicar a fertilidade. A gordura hidrogenada pode duplicar os riscos de infertilidade. A mulher que deseja engravidar deve evitar alimentos como salgadinhos biscoitos recheados, batatas fritas, sorvetes de massa, chocolates e tortas.

Se seu corpo não está recendo os nutrientes adequados e na quantidade certa, ele não vai estar preparado para engravidar. Tudo precisa estar funcionando muito bem e para que isso aconteça é necessário fornecer o combustível certo.

A alimentação adequada é fundamental para alcançar uma função reprodutiva normal.Uma dieta saudável pode aumentar em duas vezes as chances de uma gravidez bem-sucedida.

O zinco  é um dos nutrientes mais importantes para quem deseja engravidar está entre os mais importantes. "Ele aumenta a produção de espermatozóides". A alimentos como a carne bovina, o fígado de galinha e o feijão, que são ricos em zinco, devem constar no cardápio do casal que deseja engravidar. Vitaminas como B6, A, E e C e minerais como o selênio também precisam ser consumidos para aumentar as chances de concepção.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

O método que as americanas estão usando para tratar a INFERTILIDADE
Como engravidar rápido ©Direitos reservados a health care and safety
download (1)
site-seguro-certificado-ssl
error: Content is protected !!